• Fotodocumentador L-Pix Chemi
  • Fotodocumentador L-Pix Chemi Aberto
  • Impressora Térmica
  • LabImage 1D

Fotodocumentador para gel e membrana (Western Blot) – L-PIX CHEMI

Grátis!

Limpar

Descrição do produto

Fotodocumentador para géis de eletroforese e membranas de Western Blotting, Southern Blotting e Northern Blotting.
L-Pix Chemi é o mais amplo em aplicações: imagens colorimétricas, fluorescentes e quimioluminescentes.

Promove a revelação do Western Blotting em poucos segundos!

APLICAÇÕES:

  • Gel de eletroforese marcado por fluorescência (Brometo de Etidio, SYBR Green, SYBR Safe, GelRed, GelGreen etc.)
  • Gel de eletroforese marcado por corantes colorimétricos (Nitrato de Prata, Coomassie Blue, vermelho de Ponceau etc.)
  • Membrana de blotting marcada por quimioluminescência (revelação de Western blotting quimioluminescente).
  • Membrana de blotting marcada por colorimetria.
  • Membrana de blotting marcada por fluorescência.
  • Placas de colônia de bactérias
  • Autorradiografias
  • Multiplex fluorescente*
  • GFP**
  • TLC***

*necessário módulo multiplex, acessório opcional.
**necessário módulo GFP, acessório opcional.
***necessário módulo TLC, acessório opcional.

O fotodocumentador para géis e membranas de Western Blotting L-Pix Chemi é indicado para documentação de géis de eletroforese marcados com corantes fluorescentes ou colorimétricos, placas de colônia de bactérias, TLC, autorradiografias e membranas com marcação quimioluminescente. As bandas do Western blotting podem ser visualizadas em poucos segundos com altíssima sensibilidade, total controle e economia, dispensando filmes e procedimentos autorradiográficos!

O fotodocumentador para géis e membranas de Western Blotting L-Pix Chemi é capaz de capturar imagens do marcador colorimétrico das membranas de Western blot e fazer a sobreposição das imagens capturadas, com marcador e bandas em uma mesma imagem.
O módulo para multiplex é um acessório opcional que permite a documentação de membranas e géis marcados por fluorescência de diferentes comprimentos de onda.

CARACTERÍSTICAS:

  • Câmera ultrassensível de grade científica com CCD refrigerado a até -60°C (regulado)
  • Permite longos tempos de exposição sem prejudicar a qualidade da imagem
  • Alta sensibilidade, gera imagens com resolução de até 13.5 megapixels
  • Câmara escura (hood) com interruptor de segurança para luz UV na abertura de porta
  • Recurso de integral: acumula e sobrepõe diversas aquisições com intervalos definidos pelos usuários
  • Transiluminador de luz UV e de luz branca (dimensões do filtro: 21x26cm)
  • Epi-iluminação (luz incidente) de luz UV e de luz branca
  • Possibilita sobreposição de imagens de sinal quimioluminescente e marcador colorimétrico
  • Gera imagens em diversos formatos (TIFF, JPEG, PNG etc)
  • Armazena configurações de captura para máxima reprodutibilidade
  • Disco de filtros (carrossel motorizado) com 6 posições.
  • 2 filtros inclusos: laranja (605nm – Et Br – Brometo) e verde (535nm – SYBR)
  • Lente motorizada, zoom óptico de 10X. Controle total por conexão com computador.
  • Sistema customizável: várias opções de filtros, comprimentos de onda das luzes e dimensões do filtro do transiluminador

Opções de iluminação (preço e disponibilidade sob consulta): luz branca, luz UV (250nm, 302-312nm, 365nm) e luz azul.

O L-PIX CHEMI INCLUI:

  • câmara escura (hood) com câmera refrigerada (a até -60°C regulado)
  • epi-iluminação (luz incidente) branca e UV
  • disco de filtros com 6 posições
  • filtros 605nm (laranja) e 535nm (verde)
  • transiluminador UV-B (302-312nm) com filtro de 21x26cm
  • transiluminador de luz branca com filtro de 21x26cm
  • software L-Pix Image para captura e edição de imagens
  • bandeja transparente à UV (UVT) para géis de eletroforese
  • cabos de alimentação e de conexão
  • instalação e treinamento dos usuários

ACESSÓRIOS OPCIONAIS:

  • software LabImage 1D para quantificação e análise de bandas
  • software LabImage CC para contagem automática de colônias
  • módulo multiplex fluorescente
  • módulo TLC
  • módulo GFP
  • filtros extras
  • epi-iluminação com comprimentos de onda específicos
  • transiluminador de luz azul
  • impressora térmica fotográfica
  • computador para conexão do sistema

 

DESCRIÇÃO DO SISTEMA:

Sistema de fotodocumentação para captura de imagens fluorescentes, quimioluminescentes e colorimétricas L-PIX CHEMI. Sistema de alta sensibilidade, com sensor CCD refrigerado (até -30°C), para análise de Western Blots em tempo real, análise  e documentação de membranas e géis corados com substâncias colorimétricas, quimioluminescentes e fluorescentes.
Indicado também para documentação de imagens de placas de colônias, autorradiografias, géis corados com nitrato de prata ou Coomassie Blue, amostras com GFP, membranas de blottings colorimétricos, immunoblots, microplacas e TLC (para TLC: módulo opcional, não incluso).

O sistema L-PIX CHEMI é composto de:

Câmera CCD Progressive Scan de Grade Científica, monocromática (opcional: câmera colorida). Lente com abertura de f 0.90. Visualização da imagem em tempo real. Profundidade de imagem (Relação Sinal/Ruído – SNR) de 16 bits, em arquivos de 8 ou 16 bits. Resolução de imagem de 13.5 megapixels. Alcance Dinâmico (Dynamic Range) > 4 Ordem de magnitude ou 96dB. Níveis de escala de cinza: 65.536 (16 bits). CCD refrigerado até a -30°C absolutos (até -60°C da temperatura ambiente), permitindo longos tempos de exposição sem ruídos ou background, ideais para visualização de Western blots quimioluminescentes. Captura simples em 8 ou 16 bits ou acumulação (integral) de até 100 imagens em arquivo de 16 bits.  Visualização em slides da acumulação com alerta de saturação, permitindo ao usuário a escolha da melhor revelação de blots. Opções de arquivo de imagem que incluem imagens individuais, imagens de acumulação múltipla e a habilidade para exportação de imagens em muitos formatos, inclusive TIFF, JPEG e BMP. Sensibilidade de Detecção da ordem de 0,01ng de DNA em gel corado com Brometo de Etídio. Controle de abertura da lente, zoom e foco automáticos.  Poderoso zoom óptico de 10x, motorizado e controlado pelo computador, evitando contato do usuário com partes mecânicas do equipamento e garantindo máxima reprodutibilidade através de armazenamento de preferências do usuário. Área de imagem: de 5 x 5cm até 25 x 35cm. Permite o controle do tempo de exposição em todos os módulos de documentação.

Câmara escura (dark hood) com porta frontal e sensor de segurança, que desativa qualquer fonte de luz UV durante a abertura, protegendo o usuário.  Plataforma exclusiva para revelação de membranas de Western Blots quimioluminescentes.  Plataforma deslizante para transiluminador. Controle total pelo computador, conexão através de porta USB.

Transiluminador UV-B (302-312nm) em plataforma deslizante (tipo gaveta) para aquisição de imagens fluorescentes. Filtro de 21x26cm de altíssima durabilidade e homogeneidade para iluminação uniforme da amostra sem a presença de pontos brancos/pretos na imagem. Filtro com tratamento exclusivo que impede a visualização dos bulbos das lâmpadas na imagem. Ajuste de intensidade (100% e 70%) para a melhor visualização do gel sem o desgaste da fluorescência. Equipado com seis lâmpadas de 8W. Ventilação interna forçada para maior durabilidade das lâmpadas.

Placa transiluminadora de luz branca (luz visível) inclusa, com filtro de 21x26cm. Permite a captura de imagens de géis de poliacrilamida corados com Nitrato de Prata e Azul de Coomassie, além de blots colorimétricos, autorradiografias, placas de colônias etc.

Epi-iluminação UV e de luz branca. A luz UV incidente permite a captura de imagens de Placas de Cromatografia Fina (TLC), géis fluorescentes de alto contraste e GFP. Já a epi-iluminação branca facilita o manuseio de géis e membranas no interior do equipamento e possibilita a captura de imagens calorimétricas opacas, como os marcadores de peso molecular das membranas de western blots. Há diversos módulos de epi-iluminação opcionais que podem ser adicionados ao sistema conforme a necessidade, inclusive para multiplex fluorescente, TLC ou epifluorescência.

Disco de filtros motorizado, tipo carrossel, que realiza a troca de filtros automaticamente sem necessidade de abertura do equipamento, evitando contato do usuário e permitindo a captura de imagens com múltiplos corantes (Multi Tag Protein, Multiplex, Qdots, etc.). O disco possui 6 posições e o usuário pode associar o filtro em uso a um protocolo específico, garantindo máxima reprodutibilidade.

Filtros para substâncias fluorescentes inclusos:

  • ET BR, 590-605nm (ideal para Brometo de Etídio, Gel Red, Texas Red);
  • SYBR, 535nm (ideal para SYBR Green I/II, SYBR SAFE, SYBR Gold e GFP).

Filtros adicionais de outros comprimentos de onda e para outras aplicações podem ser adquiridos opcionalmente.

– Software de captura e tratamento de imagens, L-Pix Image, totalmente em português. Apresenta recursos aprimoramento da imagem, anotação, ajustes de escala, rotação, resolução, brilho, inversão, contraste, nitidez (sharpness), gama, visualização da amostra em 3D, pseudo-cores, histograma, etc. Manipula e exporta imagens nos formatos TIF, BMP, JPG, GIF, GEL, PNG, ICO, TGA, PCX, WBMP, PGA, JP2, RAS, PNM. Compatível com WINDOWS XP SP2. Software permite comando e aquisição de dados que atende as normas CFR-21 parte 11.

Software LabImage 1D (opcional) para densitometria e análise de imagens de géis de DNA, RNA, proteínas, membranas de blots etc.  Permite a quantificação relativa da intensidade do sinal por densitometria. Promove a detecção automática e precisa de lanes, redução de background, correção de distorção do gel (efeito smiling) calibração de peso molecular com padrões disponíveis no mercado ou customizado pelo próprio usuário, detecção precisa de bandas, automática, semiautomática e manual, quantificação/normalização com padrões comuns ou desenvolvidos pelo próprio usuário, documentação e visualização customizáveis, análise orientada a fluxo de trabalho, geração de relatórios compatíveis com GLP. Permite a visualização da imagem em 3D.

O fotodocumentador L-Pix Chemi necessita ser conectado a um computador para seu funcionamento (computador é vendido separadamente).

– Todo o sistema, manuais de instruções e softwares estão em língua portuguesa.

– Inclui entrega, instalação e treinamento dos usuários no local indicado.

– Garantia total de 2 anos.

O fotodocumentador para géis e membranas de Western Blotting L-Pix Chemi é totalmente adequado às normas internacionais de segurança.

 

Dados Técnicos

 

especificações
transiluminadores Inclusos:
– Transiluminador de luz UV-B (302-312nm) acoplado, tipo gaveta – área de iluminação de 21x26cm, com ajuste de intensidade luminosa (70%-100%)
– Placa tansiluminadora de luz branca (visível) – área de iluminação de 21x26cm
Opcionais:
– Transiluminador de luz azul, 450−490nm – área de iluminação de 10x15cm
– Transiluminador de luz UV-A (365nm)
– Transiluminador de luz UV-C (254nm)
– Transiluminador com outros comprimentos de onda (sob encomenda)
câmera CCD Progressive Scan, de grade científica, refrigerada
resolução de imagem 13.5 megapixels
lente / zoom motorizada f 0.9 / zoom óptico de 10X
bits de imagem 16 bits
escala de cinza 0 a 65.536 tons de cinza
sensibilidade de DNA 0,01ng
área de imagem 25x35cm
resfriamento do CCD até -60°C (regulado)
temperatura de operação 10°C a 28°C
integral (acumulação de imagens/ cinética) sim
filtros Inclusos:
– ET BR, 590-605nm, para Brometo, Gel Red etc.
– SYBR, 535nm, para SYBR
Opcionais:
– Azul, 518–546nm
– Verde, 577–613nm
– Vermelho, 675–725nm
– “Far red”, 700–730nm
– “Near IR”, 813–860nm
suporte de filtros disco de filtros motorizado, com 6 posições
epi-iluminação (luz incidente) Inclusas:
– Luz branca (visível)
– Luz UV-C, 254nm
Opcionais:
– Luz UV-A, 365nm
– Luz UV-B, 302-312nm
– Luz Azul, 460−490nm
– Luz Verde, 520−545nm
– Luz Vermelha, 625−650nm
– Luz “Far Red”, 650−675nm
– Luz “Near IR”, 755−777nm
– Luzes com outros comprimentos de onda estão disponíveis sob encomenda.
conexão com computador USB 2.0
requisitos mínimos do computador para conexão memória RAM: 1GB/ Windows a partir do XP/ Porta USB 2.0/ leitor de CD
voltagem 110V ou 220V
dimensões (comp. x larg. x alt.) 49cm x 29cm x 62cm
peso 20kg

Referências

Artigos e trabalhos científicos publicados que utilizaram L-Pix Chemi:

E. G. BRAGA, R. L. MIRANDA, M. G. GRANJA, E. GIESTAL-DE-ARAUJO, A. A. DOS SANTOS. PKC delta activation increases neonatal rat retinal cells survival in vitro: Involvement of neurotrophins and M1 muscarinic receptors. Publicado em Biochemical and Biophysical Research Communications em maio de 2018.

J.F. VASQUES, P.V.B. HERINGER, R.G.J. GONÇALVES, P.C. COSTA, C.A. SERFATY, et al., MONOCULAR DENERVATION OS VISUAL NUCLEI MODULATES APP PROCESSING AND sAAPα PRODUCTION: A POSSIBLE ROLE ON NEURAL PLASTICITY. Publicado em International Journal of Developmental Neuroscience, Vol. 60 em 6 de março de 2017.

SILVA J.G.D., BIOTECNOLOGIA DO USO DE ÁGUA RESIDUÁRIA DOMÉSTICA EM SOLO DO CERRADO NO CULTIVO DO CAPIM Brachiaria brizantha cv MARANDU. Tese apresentada à Universidade Federal do Tocantins para a obtenção do título de Doctor Scientiae em março de 2017.

M. FERNANDES; IDENTIFICAÇÃO MOLECULAR DA EHRLICHIA CANIS, BABESIA SPP., ANAPLASMA PLATYS E HEPATOZOON SPP. EM CÃES ANÊMICOS ATENDIDOS NO HOSPITAL VETERINÁRIO DA UFPB. Publicado pela Universidade Federal da Paraíba em 2017.

J.R. SILVA, G.A.C. CASTRO, M.S.GONÇALVES, D.A.C. CUSTODIO, G.F. MIAN, G.M. COSTA. IN VITRO ANTIMICROBIALSUSCEPTIBILY AND GENETIC RESISTANCE DETERMINANTES OF STREPTOCOCCUS AGACTIAE ISOLATED FROM MASTITIC COWS IN BRAZILIAN DAIRY HERDS. Publicado pela Universidade Estadual de Londrina em 2017.

Juliana Salles von-Held-Ventura, Thalita Mázala-de-Oliveira, Amanda Cândida da Rocha Oliveira, Marcelo Gomes Granja, Cassiano Felippe Gonçalves-de-Albuquerque, Hugo Caire Castro-Faria-Neto, Elizabeth Giestal-de-Araujo. The trophic effect of ouabain on retinal ganglion cells is mediated by IL-1β and TNF-α. Biochemical and Biophysical Research Communications. Julho, 2016.

Paulo Sérgio Balbino Miguel, Marcelo Nagem Valério de Oliveira, Júlio César Delvaux,Guilherme Luiz de Jesus, Arnaldo Chaer Borges, Marcos Rogério Tótola, Júlio César Lima NevesMaurício Dutra Costa. Diversity and distribution of the endophytic bacterial community at different stages of Eucalyptus growthAntonie van Leeuwenhoek. Volume 109, Issue 6, pp 755-771. Junho, 2016.

Fábio Sérgio Paulino da Silva, Victor Satler Pylro, Pericles Leonardo Fernandes,Gisele Souza Barcelos, Karlos Henrique Martins Kalks,Carlos Ernesto Gonçalves Reynaud Schaefer, Marcos Rogério Tótola. Unexplored Brazilian oceanic island host high salt tolerant biosurfactant-producing bacterial strainsExtremophiles. Volume 19, Issue 3, pp 561-572. Maio, 2015.

Bruno Coutinho Moreira, Ana Lúcia Rodrigues, Sabrina Feliciano Oliveira, Paulo Sérgio Balbino Miguel, Denise Mara Soares Bazzolli, Sidney Luiz Stürmer, Maria Catarina Megumi Kasuya. Arbuscular mycorrhizal fungi in the Jatropha curcas rhizosphere. African Journal of Microbiology Research. Vol. 9(15), pp. 1060-1074, 15. Abril, 2015.

Cleriane Andre. Adesão, formação e composição de biofilme por Staphylococcus aureus em poliestireno na presença de nisina. Dissertação de mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Microbiologia Agrícola da Universidade Federal de Viçosa. Fevereiro, 2015.

Darlan Pase da Rosa, Luiz Felipe Forgiarini, Mariel Barbachan e Silva, Cíntia Zappe Fiori,Cristiano Feijó Andrade, Dênis Martinez, Norma Possa Marroni. Antioxidants inhibit the inflammatory and apoptotic processes in an intermittent hypoxia model of sleep apnea. Inflammation Research. Volume 64, Issue 1, pp 21-29. Janeiro, 2015.

Juliana Rosa da Silva. Avaliação da virulência e susceptibilidade a antimicrobianos em Streptococcus agalactiae isolados de mastite bovina de rebanhos brasileiros. Dissertação de mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias da Universidade Federal de Lavras. 2015.

Graziela Hünning Pinto. Sinalização autofágica e níveis de miostatina em modelo de hipertrofia cardíaca fisiológica em camundongos. Dissertação de mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde: Cardiologia e Ciências Vasculares da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 2014.

Michele Pracedino Andrade Botelho. Detecção de Tritrichomonas foetus e Campylobacter fetus ssp. venerealis em touros por meio da PCR e PCR multiplex. Dissertação de mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias da Universidade Federal de Lavras. 2014.

Acessórios

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Fotodocumentador para gel e membrana (Western Blot) – L-PIX CHEMI”